Terapia Quântica

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tudo no universo vibra numa frequência única e individual, incluindo nós mesmos. Sendo assim, as células e moléculas dos nossos órgãos vibram numa frequência diferente umas das outras, ou seja, as células que compõem os rins irão vibrar de uma maneira diferente das células que compõem o baço, fígado, pulmão etc... As nossas emoções e comportamentos reativos alteram as vibrações dos nossos órgãos, criando o colapso da função de ondas negativas que nos coloca pra baixo.

Quando criança, dizem a você para pensar, se comportar e adotar determinados sistemas de crenças que muitas vezes moldam o tipo de pessoa em que você se torna. Alguns medos e inseguranças que você desenvolve também podem ser concretizados em sua vida adulta. Muitas vezes, ficamos presos em padrões de ação e reação, não percebendo que poderíamos interpretar a situação e reagir de várias maneiras. Quando se tem uma reação negativa, essa é uma oportunidade para avaliá-la.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A cura está na frequência da alegria. São suas crenças que definem e moldam seu destino, sua genética e seu DNA.

O sistema quântico é um método projetado para quantificar as freqüências e desequilíbrios bio-magnéticos no corpo de forma rápida e eficiente. Esta avaliação é realizada sob as bases da medicina quântica, bio-energética e do conhecimento da tradicional medicina chinesa.

O espectro de energias pode ser quantificado de acordo com sua própria escala de energia das ondas eletromagnéticas. Usando o sensor de mão, nosso aparelho quantifica campos pequenos ou fluxos magnéticos que são coletados por um software e compara com o espectro do fluxo magnético do corpo de um organismo com funcionamento normal. Esta informação capturada é comparada e retorna resultados que indicam as deficiências e pontos fortes de cada sistema do corpo.

Muitas vezes uma doença manifesta-se sintomatologicamente (não tem sintomas ainda) e testes de laboratório ainda não dão resultados concretos, porque as alterações a nível celular são ainda imperceptíveis. O Analisador de Ressonância magnética Quântica pode detectar essas pequenas mudanças e registrá-las. Isso permite que o terapeuta decida as ações corretivas necessárias para fazer a doença não se desenvolver.

De acordo com a medicina quântica, a razão por que ficamos doentes está na alteração do ritmo oscilatório dos elétrons que compõem o núcleo atômico, isto provoca alterações no material constitutivo do átomo, células e conseqüentemente nos órgãos. Outra razão que pode ser considerada é o bloqueio de energia que não é corrigida prontamente, o que se reflete em uma explosão final súbita com conseqüências negativas. Mudança de ritmo oscilatório e o aumento na freqüência oscilatória mostraram a falta de saúde e bem-estar.